Como escolher o melhor cartão de crédito: seis dicas essenciais

Você já foi impactado por uma oferta imperdível de cartão de crédito? Os bancos e fintechs costumam ser bastante persuasivos na hora de oferecer um serviço ao consumidor. No entanto, é preciso estar atento a alguns critérios para não se deixar levar

Anúncios

Existem algumas considerações essenciais que o usuário deve ter em mente antes de selecionar o cartão de crédito mais benéfico para suas necessidades. Pensando nisso, listamos 6 pontos para você ficar de olho. Confira!

1. Tecnologia 

Cartões que avisam pelo aplicativo quando uma compra foi feita, por exemplo, são um ótimo exemplo de tecnologia interessante para o usuário. Outro ponto é verificar se o aplicativo do banco é simples de mexer e intuitivo. Caso a resposta seja negativa, esse é um motivo muito relevante para não querer o cartão dessa instituição.

Os aplicativos, além de serem uma ferramenta que permite maior controle de gastos e ajudam no controle financeiro, são excelentes para mostrar imediatamente quando uma compra não autorizada é feita no seu cartão de crédito. Permitindo que o usuário entre em contato com o banco o mais rápido possível para resolver a situação e evitar prejuízos.

2. Taxa de anuidade

Você já deve saber que existem muitas opções de cartão de crédito que não cobram a taxa de anuidade, ou seja, aquelas parcelas mensais que são para custear a manutenção e gerenciamento do cartão.

Os cartões que têm uma taxa anual associada geralmente proporcionam benefícios adicionais aos clientes, tais como programas de recompensas, cashback, descontos e muito mais. Por isso, antes de decidir qual é a melhor opção no seu caso, é importante colocar tudo na ponta do lápis.

3. Cartão Virtual

Essa é uma vantagem interessante para quem costuma fazer muitas compras online. Os cartões virtuais são emitidos pelo seu banco, dentro do próprio aplicativo, com o intuito de evitar fraudes, já que é possível emitir um novo cartão para cada compra. Assim, ao finalizar o pagamento no site, você pode excluir o cartão de crédito recém-criado para que não haja chances de golpe.

4. Atendimento

Anúncios

Não tem coisa pior do que precisar de suporte para resolver uma situação simples e ser obrigado a esperar horas no telefone ou, pior ainda, ter que ir à agência. Por isso, antes de contratar um cartão, verifique o que os outros clientes estão falando sobre o atendimento da instituição. Você pode buscar na internet e nas redes sociais. 

5. Limite

Outro fator que deve ser levado em conta na hora de escolher o melhor cartão de crédito é o limite fornecido por ele. Neste momento, vale analisar qual seria um teto de gastos interessante para o seu caso, levando em conta a sua renda mensal e também gastos fixos e variáveis.

Se você quiser saber como conseguir um cartão com limite alto, leia este artigo.

6. Taxa de juros
Você sabia que os juros do cartão de crédito costumam ser um dos mais altos no mercado financeiro, podendo passar dos 300% ao ano? Por isso, antes de contratar um novo cartão, confira quais são as taxas cobradas.

Por mais que você não tenha a intenção de atrasar uma parcela ou pagar o valor mínimo da fatura, é importante considerar que imprevistos podem acontecer algum dia, certo?

Como você pôde ver, antes de escolher qual é o melhor cartão de crédito para contratar, é importante avaliar alguns pontos, como juros, taxa de anuidade, limite, qualidade do atendimento e recursos tecnológicos oferecidos.

Trends