Conta corrente o que é e como funciona?

Não é nenhuma novidade que os serviços financeiros, no Brasil, estão passando por um grande momento de transformação. E essas novas tecnologias estão deixando o consumidor cada vez mais exigente, principalmente quando o assunto é abertura de contas.

Anúncios

Afinal o que é conta corrente e como funciona o serviço? Muitas pessoas conhecem a conta corrente, mas será que sabem quais as vantagens ao ter uma? Sabem como esse tipo de conta funciona?

Para quem não sabe, ter uma conta corrente é uma forma prática de movimentar o dinheiro do dia a dia. É uma conta depósito que pode ser tanto gratuita quanto com taxas, individual ou conjunta.

Além disso, ainda é possível ter tarifas especiais, dependendo da idade do cliente. Vale lembrar que a conta corrente pode ser aberta tanto por indivíduos, casais, famílias ou até mesmo empresas que têm um determinado número de transações com a instituição financeira.

Neste tipo de conta são incluídos os serviços de depósitos, empréstimos, investimentos, retiradas, extratos, entre outros. Quer conhecer mais sobre a conta corrente? Nesta matéria você irá ler sobre:

• O que é uma conta corrente?
• Conheça os requisitos para abrir uma conta corrente
• Entenda como funciona a conta corrente
• Conta corrente: vantagens e desvantagens
• Como encontrar o melhor banco para abrir uma conta corrente?
• O que é uma conta corrente?

Anúncios

Para quem ainda tem dúvidas sobre o que é uma conta corrente, é um serviço oferecido por instituições financeiras que garantem o recebimento e depósito do dinheiro. Isso acontece de forma rápida e segura para o cliente.

Ela é indicada para quem precisa realizar transações com dinheiro frequentemente, porém não quer andar com a quantia em mãos. Podendo receber o valor, realizar depósitos e sacar o dinheiro.

É importante deixar claro que não é necessário qualquer aviso prévio do cliente para o banco para poder movimentar o dinheiro. Somente em casos de sacar quantia de altos valores, que o cliente precisa comunicar ao banco com certa antecedência.

E diferentemente dos outros tipos de contas, essas normalmente permitem o saque e depósitos ilimitados.

Conheça os requisitos para abrir uma conta corrente

Se você tem interesse em abrir uma conta corrente, saiba que ela pode ser solicitada por pessoas físicas maiores de 18 anos. Além de menores de idade entre 16 anos completados e 18 anos incompletos, devendo ser acompanhado pelos responsáveis legais.

Um dos documentos que é solicitado frequentemente pelas instituições financeiras é o comprovante de renda para que abram a conta. Este pode ser a carteira de trabalho, contrato de estágio e até mesmo o Imposto de Renda.

Outra dúvida que muitas pessoas têm é se negativados podem ou não abrir uma conta. A resposta para essa questão é não. Quem está com CPF cadastrado como inadimplente no SPC e Serasa tem poucas chances de abrir uma conta.

E isso acontece porque a conta corrente disponibiliza crédito pré-aprovado, cheque e cartão de crédito para os clientes. Já que o risco de inadimplência do negativado torna perigoso e desvantajoso para o banco.

É importante frisar que as pessoas que estão com o nome sujo têm o direito de abrir uma conta poupança, independentemente de estar negativado ou não. Mesmo a poupança não contando com os mesmos benefícios da conta corrente, esta é uma boa alternativa.

Entenda como funciona a conta corrente

Esse tipo de conta é uma modalidade destinada a movimentação frequente de dinheiro, por meio de saques e depósitos. Vale lembrar que a pessoa que tem uma conta corrente em um banco é chamada de correntista.

Além disso, as transações podem ser realizadas a qualquer momento por meio do internet banking, posto de atendimento e caixa eletrônico.

E são diversos os serviços essenciais oferecidos por esse tipo de conta, como por exemplo: saques, talão de cheque, transferência de dinheiro, extrato mensal, pagamentos de conta, entre outros.

Ainda é disponibilizado para os clientes um valor de crédito pré-aprovado que pode ser utilizado a qualquer momento. Além de um cartão de débito, que pode ser desbloqueado na modalidade de crédito.

Quem tem conta corrente paga uma taxa bancária por mês pelos serviços oferecidos. O valor da taxa varia de acordo com o tipo de conta e frequência das transações financeiras realizadas pelos clientes.

Os planos permitem uma maior quantidade de saques e transferências. Por isso, lembre-se de se informar sobre os limites de serviços do seu plano.

Conta corrente: vantagens e desvantagens

Assim como todo produto e serviço, a conta corrente também apresenta prós e contras. Vantagens e desvantagens que devem levar o indivíduo a pesar qual a melhor opção na hora de decidir entre ela e, talvez, uma conta poupança.

O correntista costuma receber diversos benefícios de seu banco, seja ele pessoa física ou jurídica. Um dos principais serviços é a possibilidade de utilizar cartões de débito e crédito, com diversas funções. Além disso, para esses serviços o correntista pode solicitar a inclusão de adicionais, que poderão usufruir das mesmas opções.

Há também o cheque especial para o correntista que está precisando de um apoio e, no momento de aperto, poderá acionar esta função. No entanto, o cheque especial precisa ser utilizado com bastante cautela, pois se não for bem monitorado e planejado pode atrapalhar ainda mais o planejamento e de vantagem passará a ser uma desvantagem.

Outros benefícios são os empréstimos liberados pelo banco, financiamentos, pagamentos de contas por meio de aplicativos (internet banking), investimentos e transferências eletrônicas. A conta corrente traz bastante mobilidade.

Juros é a principal desvantagem dos correntistas

Citado como um benefício, o cheque especial também pode ser tido como uma desvantagem quando destacado o nível dos juros. As taxas cobradas podem girar em torno de 13%, em média, de acordo com o banco.

Muitos correntistas não estabelecem um planejamento prévio e atrapalham o próprio orçamento com esse juros considerados altíssimos.

A conta corrente ainda traz outras desvantagens como a tarifa de manutenção cobrada de mensalmente ou anualmente (a critério), abertura mais burocrática – uma vez que exige comprovação de renda, solicitação de crédito sujeita à análise, não permitida para pessoas com nome comprometido e outros.

Como encontrar o melhor banco para abrir uma conta corrente?

Atualmente, são diversas instituições financeiras que possibilitam aos seus clientes a abertura de uma conta corrente com inúmeros benefícios. Mas, eis que surge aquela dúvida: qual banco escolher para abrir a primeira ou uma nova conta?

Essa é uma informação importante, principalmente se a pessoa já teve alguma experiência negativa com qualquer banco no passado e quer ter a certeza que a nova relação será diferente. Para ter a garantia de um bom serviço e satisfação, geralmente alguns aspectos ajudam na avaliação de um banco:

• Taxas e tarifas;
• Aplicativo (banking);
• Reclamações;
• Empréstimo, financiamento e investimento;
• Caixa eletrônico.

Taxas e tarifas: no início da pesquisa para saber qual o melhor banco, um dos pontos principais a ser analisado é tarifas e juros. Afinal, quanto menor for o percentual cobrado e/ou retirado mensalmente, melhor será para o seu planejamento financeiro.

Alguns bancos, possuem taxas e tarifas altas, levando em consideração algumas transações e benefícios que oferecem como respaldo para isso. No entanto, é preciso balancear o fator custo benefício.

Nesse tópico, é válido ressaltar que alguns serviços são essenciais e obrigatórios. Por isso, não podem ser cobrados ao cliente.

Aplicativo (banking): mobilidade, flexibilidade, agilidade e conforto são primordiais para uma era tão tecnológica. Muitos são os que já adotam a função débito automático ou pagar boletos bancários pela internet.

Dessa forma, abrir uma conta corrente em um banco com internet banking transforma todos os serviços em algo muito mais dinâmico. Acabou aquela história de precisar ir na agência realizar transferência, consultar saldo, entre outras funções.

Reclamações: e a fama desse banco? É boa? No processo de busca pela melhor instituição financeira é preciso ir atrás de comentários e ler as possíveis reclamações, elogios e sugestões que são mandadas pelos atuais e/ou antigos clientes dessa empresa.

Confira se as reclamações são antigas ou atuais e se, principalmente, já foram solucionadas. Veja se o banco dá suporte aos seus clientes quanto aos possíveis erros e se são frequentes. E leve tudo isso em consideração na hora de escolher.

Empréstimo, financiamento e investimento: os serviços que são oferecidos pelos bancos também devem ser diferenciais na escolha do melhor para abrir a sua conta.

Trace um comparativo de quais oferecem serviços de empréstimo e financiamento, detalhando quais são os juros cobrados e como funciona o processo de solicitação – se é burocrático e se o seu perfil atende.

Essa poderá ser uma futura demanda sua pessoal? Você acha que será aprovado na análise do banco? Além disso, há a possibilidade de futuros investimentos? Quais são as regras? Compare tudo e cheque essas informações.

Caixa eletrônico: o banco que você escolherá para a abertura da conta corrente é um dos convencionais e mais conhecidos, com agências presenciais? Muita gente que não é adepta às tecnologias prefere as transações presenciais, por um caixa eletrônico.

A principal vantagem de um caixa eletrônico repleto de funcionalidades é evitar filas e otimizar tempo. Quanto mais serviços um caixa eletrônico oferece, melhor. Além disso, que seja de fácil manuseio.