Gatilhos mentais: como usar para aumentar as vendas?

No mundo frenético das vendas, conquistar a atenção do cliente e fazê-lo tomar a decisão de compra pode ser um desafio árduo, por isso a importância dos gatilhos mentais.

Anúncios

Dessa forma, é aí que entram as dicas certas, com ferramentas poderosas que influenciam o comportamento humano e impulsionam as conversões. 

Mas como usá-los de forma estratégica e ética para disparar as vendas sem soar artificial ou manipulador?

A seguir você terá as melhores dicas para se destacar nesse assunto.

Dicas de gatilhos mentais para aumentar as vendas

Gatilhos mentais
Imagem: Canva

Os gatilhos mentais são ferramentas poderosas que, quando usadas de maneira eficaz, podem aumentar significativamente suas vendas. 

Nesse sentido, eles funcionam ativando respostas emocionais e cognitivas em potenciais clientes, incentivando-os a tomar decisões de compra mais rápidas e assertivas. 

Anúncios

Aqui, você terá algumas das principais dicas de gatilhos que podem transformar a maneira como você conduz suas vendas, saiba mais a seguir:

1. Escassez: a emoção da urgência que detona a ação

O ser humano age por impulso quando sente que algo está acabando. 

Dessa forma, explora essa emoção natural com frases como “últimas unidades”, “promoção por tempo limitado” ou “vagas limitadas”. 

Procure desenvolver um senso de urgência que incentive a compra imediata, antes que a oportunidade desapareça. 

Mas, seja honesto e transparente, evitando falsas promessas que podem prejudicar sua reputação e por água abaixo um de seus gatilhos mentais.

2. Urgência: chama que acende a decisão

A urgência complementa a escassez, criando um senso de necessidade imediata. Desse modo, utilize frases como “compre agora e receba em 24 horas”, “oferta válida apenas hoje” ou “garanta seu desconto antes que acabe”. 

Em suma, desperte o medo de perder uma oportunidade imperdível, impulsionando a ação rápida do cliente.

3. Gatilhos mentais: prova social a influência do “já fez, eu também faço!”

As pessoas confiam nas opiniões e experiências de outras pessoas. 

Por isso, utilize depoimentos de clientes satisfeitos, avaliações positivas e casos de sucesso para demonstrar a qualidade do seu produto ou serviço. 

Dessa maneira, mostre que outras pessoas já fizeram a escolha certa, influenciando a decisão do cliente em potencial.

Além disso, a prova social não apenas aumenta a confiança do consumidor, mas também pode criar um senso de comunidade e pertencimento. 

Ou seja, quando os clientes veem que outros semelhantes a eles estão utilizando e aprovando um produto, a percepção de valor e a vontade de participar dessa comunidade crescem, facilitando a decisão de compra.

4. Autoridade: a voz do especialista que gera confiança

A como um dos melhores gatilhos mentais, posicione-se como um especialista em seu nicho, transmitindo conhecimento e oferecendo soluções valiosas. 

Faça uso de artigos informativos, e-books gratuitos e webinars para estabelecer sua autoridade. 

Além disso, criar conteúdo, obter certificações e prêmios na sua área de atuação também fortalece sua autoridade. 

Bem como, participar de eventos, conferências e ser citado em publicações renomadas contribui para construir uma imagem de especialista. 

Parcerias com influenciadores e especialistas reconhecidos no mercado também podem aumentar a percepção de autoridade da sua marca.

Em suma, as pessoas tendem a comprar de quem confiam, e a demonstração de domínio gera essa confiança crucial.

Leia também: Como motar uma lanchonete com pouco dinheiro?

5. Reciprocidade: o “obrigado” que gera lealdade

As palavras grátis ou gratuitas chamam automaticamente a atenção das pessoas.

Por isso, ofereça algo de valor gratuitamente, como um brinde, um desconto ou um conteúdo exclusivo, para criar um compromisso inicial com o cliente. 

Essa atitude gera um sentimento de reciprocidade, incentivando-o a “retribuir” com uma compra.

6. Exclusividade: o sentimento VIP que gera desejo

Aqui, você pode oferecer produtos ou serviços exclusivos, em edições limitadas ou com acesso antecipado. 

Assim, procure criar um senso de exclusividade que desperte o desejo de ter algo único e especial. 

Os clientes pessoas valorizam a diferenciação, e a exclusividade torna sua oferta ainda mais atraente.

7. Gatilhos mentais: o gatilho da aversão à perda, medo de perder o que é bom

Em vez de focar só nos benefícios do que você oferece, mostre as consequências negativas de não ter o produto ou serviço. 

Por exemplo, use frases como “evite problemas futuros”, “não perca essa oportunidade” ou “garanta sua tranquilidade”. 

Em suma, a aversão à perda é um motivador poderoso que impulsiona as decisões de compra de produtos.

8. Gatilho da Novidade: a emoção do desconhecido que cativa

Nessa dica de gatilhos mentais, você pode apresentar novos produtos, funcionalidades ou serviços inovadores para despertar a curiosidade do cliente. 

Dessa forma, usar frases como “último lançamento”, “tecnologia de ponta” ou “exclusividade no mercado”, será um gatilho importante. 

Inclusive, a novidade atrai a atenção e gera interesse, impulsionando o desejo de experimentar algo novo.

9. Apresente benefícios claros e diretos

Um dos melhores gatilhos mentais é apresentar os benefícios claramente.

Por exemplo, as pessoas compram produtos ou serviços para resolver problemas específicos ou melhorar suas vidas de alguma forma. 

Por isso, é essencial que você comunique claramente os benefícios de suas ofertas. Em vez de focar apenas nas características do produto, destaque como ele pode ajudar o cliente a atingir seus objetivos ou resolver seus problemas. 

Ou seja, em vez de dizer que um aspirador é potente, mostre como ele pode economizar tempo na limpeza e proporcionar um ambiente mais saudável

10. Gatilhos mentais: crie conexões emocionais

Por fim, mas não menos importante, é essencial criar conexões emocionais com seus clientes. 

Desse modo, as decisões de compra muitas vezes são guiadas por emoções mais do que por lógica. 

Por exemplo, histórias emocionantes, narrativas inspiradoras e uma marca com valores autênticos podem ressoar profundamente com os consumidores. Compartilhar a história da sua marca, os desafios superados e a paixão pelo que você faz pode humanizar sua empresa e criar um vínculo emocional forte.

Além disso, marketing emocional pode ser aplicado por meio de campanhas que apelam para valores compartilhados com seu público-alvo. 

Se sua marca apoia causas sociais, ambientais ou comunitárias, destaque isso em suas comunicações. 

Os consumidores tendem a apoiar marcas que refletem seus próprios valores e que parecem estar fazendo uma diferença positiva no mundo.

++Jornada do Consumidor: o que é e como definir?

Conclusão

Implementar esses gatilhos mentais em sua estratégia de vendas pode transformar a maneira como você se conecta com seus clientes e impulsionar suas conversões.

Ao utilizar escassez, prova social, autoridade, reciprocidade, compromisso e coerência, e afinidade, você não apenas atrai a atenção dos consumidores, mas também os motiva a agir. 

Em suma, a chave para o sucesso está na aplicação ética e honesta desses princípios.

Garantindo que suas promessas sejam sempre cumpridas e que seus clientes se sintam valorizados em cada etapa da jornada de compra.

Leia também: O que fazer para melhorar nos estudos: dicas para ter um melhor aproveitamento!